Capa do livro Sombrio

Sombrio

Autor: luke delaney

Tradução: Márcia Arpin

Preço: R$ 49,50

464 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-68432-47-1

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA, POLICIAL

Selo: Fábrica231

COMPRE O LIVRO

Disponível em e-book

Preço: R$ 29,50

E-ISBN: 978-85-684-3254-9

Louise Russell é uma pessoa como outra qualquer. Tem família, uma rotina e, um dia, sozinha em casa, faz o que qualquer outra faria: abre a porta para o carteiro. No entanto, o que recebe não é uma correspondência e sim um ato de violência. Agredida, é paralisada e jogada no chão. Aquele homem estranho, de aparência repugnante, vai fazer alguma coisa com ela. E ela nada pode fazer a não ser encarar as fotos da família na parede e se dar conta de que nunca prestou atenção a esses fragmentos de felicidade congelados no tempo. O homem que bateu à sua porta tem planos para ela. Ele veio tomar-lhe algo de muito precioso: sua liberdade. Antes de levá-la, ele diz: “Vim levar você para casa, Sam.” Sam? Quem é Sam?, pensa Louise antes de se somar à lista de mulheres desaparecidas.

Sombrio é o segundo thriller policial de Luke Delaney, que serviu por muitos anos na polícia londrina investigando crimes diversos, dos cometidos por assassinos em série aos resultados de conflitos entre gangues e máfias. Nos livros de Delaney, Sean Corrigan é o herói que encarna a missão de desvendar mortes e descobrir quem as cometeu, e fazê-los pagar. Corrigan, no entanto, não é um detetive comum.  Sua infância sofrida e traumática – era abusado sexualmente pelo pai – despertou nele uma conexão como lado obscuro do ser humano. Ao investigar cada morte, o detetive consegue imaginar – e mesmo sentir – o que motiva o assassino a realizar suas mortes. É essa intuição poderosa que vai orientar Sean Corrigan e sua eficiente e leal equipe na busca por Louise e outras mulheres que sumiram sem deixar pistas. 

Como um bom romance policial, Sombrio tem todas as reviravoltas, diálogos, personagens e suspenses típicos, mas vai além:  como ex-policial, Delaney retrata com fidelidade os procedimentos investigativos e a rotina na instituição. Como os policiais reagem durante a investigação de um crime, como se relacionam entre si e com os criminosos. É possível sentir que cada personagem tem densidade e certamente foi inspirado em muitos dos colegas e casos investigados pelo autor. Sean Corrigan, o herói de Delaney, impressiona pelos vários desafios que deve superar, seja ao administrar seu passado sombrio que vem à tona em cada assassinato que investiga, seja ao tentar conciliar sua intensa e caótica vida profissional e sua família – a filha e sua mulher, que considera seu porto seguro. Mas para tristeza de Sean e satisfação do leitor, Delaney reserva para seu personagem muitos casos para solucionar. Afinal, o ser humano tem facetas obscuras e sombrias que, de vez em quando, emergem. E, em alguns casos, concretizam horrores que só ele pode entender.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Luke Delaney juntou-se à Polícia Metropolitana de Londres no final dos anos 1980, e sua principal responsabilidade era cobrir a área de South East, em Londres, considerada perigosa pela quantidade de crimes de violência extrema. Posteriormente o autor entrou para a divisão de investigações criminais, CID, onde se especializou nas investigações de serial killers e assassinatos brutais. Brutal é o seu primeiro romance, que conquistou fãs de livros policiais e suspense pela riqueza de detalhes de seus casos. O autor, que mantém seu verdadeiro nome em segredo, escreveu uma série de livros com o detetive Sean Corrigan, que serão publicados pelo selo Fábrica 231.

Página do autor +